Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

O Espírito de Nossa Época.

Lendo Tom  Wolf...
A Fogueira das Vaidades"..de 87..
das expressões literárias divertidas, 
ultracoloridas 
e extrapops...
como enigmáticos..
"huuuuuummmmmmm" 
de seis 
"u" 
e sete "m".
Ele está aqui...
Gosto de Tom.
Ele diz..
Saltamos da revolução sexual 
para um carnaval sexual sem sentido.
Diz 
que a arte moderna 
é a soma de imaginação 
com falta de habilidade....
se fosse péssimo desenhista 
como Picasso, 
também inventaria um movimento 
artístico com um nome terminado 
com "ismo" para justificar obras 
em que uma pessoa 
tem dois olhos no mesmo 
lado da face.
 Nota que não é mais permitido 
gostar dos Estados Unidos 
na América e que, 
quando leva um broche 
com a bandeira estrelada 
em jantares com 
a aristocracia 
de Nova York, 
os convivas fogem 
Tom Wolfe: 
A neurociência..
A genética diz que você 
é o resultado 
de uma programação, 
não alguém com livre-arbítrio, 
Sobre a pornografia..
Em todo lugar que ela avança, 
caem as taxas de nascimento. 
Sobre Nietzsche...
Ele previu não só o nazismo 
e as Grandes Guerras no século 20 
mas também o eclipse total 
dos valores no século 21.
Mas, mestre da ironia, 
termina a palestra fingindo 
que inverterá a expectativa 
pessimista, 
só para tornar a situação 
ainda mais sombria:
Assim como os anos 1830 
foram os mais permissivos 
na Inglaterra, de loucura sexual 
e de drogas, eles foram seguidos 
pela era vitoriana, 
a mais moralista da história. 
Por isso, não se preocupe. 
Já, já, tudo ficará "ótimo". 
Obrigado.
Isso
que Wolf
o cara do maior legado do 
"new journalism" 
foi "elevar a não ficção 
a um texto superior 
ao do romance".
Também revelou o segredo 
de seus ternos brancos: 
Cada um aguenta seis horas, 
não dá para usar mais tempo. 
Por isso, 
Wolf anda
por todo lugar que viaja
com  ao três ternos iguais. 
Iguais, não. 
Se bem que só ele nota as diferenças", 
revela sua mulher, Sheila Wolf.
E é ela que percebe 
o que está errado 
na cena que abre 
esta reportagem: 
A alemã pediu para ele 
se afastar e não tirou 
o retrato junto 
com ele. 
Ela me disse 
depois que estava interessada 
apenas na roupa de Tom, 
que achou muito bonita. 
Sobre uma fã e 
a foto,
no encontro e palestra. 
Não fazia ideia 
de quem ele era. 
O que demonstra que nem 
entrando na cabeça de alguém 
teremos certeza de saber 
alguma verdade.