Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Minhas visões

Embora o blog 
represente 
só uma pessoa,
chego
a
uma conclusão,
anos depois,  
de escrever 
aqui 
o primeiro post.

Ao
Escrever,
flui uma 
coisa chamada 
liberdade..
A memória 
claro
pode 
falhar, 

minha visão idem...
elas 
justamente
refletem
este
meu lado mental, 
e são
assim
são os instrumentos 
deste BLOG.
Sou ecologista,
mas sou 
bem realista,  
expresso isso 
neste BLOG,
isto,
vem capturado 
e expresso
nos retratos 
que imprimo, 
em relatos,
da vida cotidiana
captados 
nas fotos,
nos registros 
da natureza
e nos meus
sentimentos
expressos.
Paisagens. 
estações, 
rosas,
montes, 
flores 

cachoeiras.
As reflexões 
sempre
estão na 
mira dum olhar 
exigente 
da vida
que 
se alia, 
assim, 
não são
só atos 
de vontade 
mas também 
reflexões
do mundo 
natural,
onde
há a passagem 
nas estações,
nos detalhes, 
com impressões sutis...
das flores, 
dos bosques etc.. 
Esse é meu
procedimento 
narrativo.
Desde o início,
nas minhas 
andanças 
pelo mundo,
gosto de ouvir,
o som de pessoas, 
como que há 
num morro 
situado atrás 
donde moro.
O ruído, 
soa como
um prenúncio 
da força 
que o ambiente 
tem na vida,
infunde-me 
assim
esta sensação 
de que 
mundo tem coisas 
extremamente vivas,
em cada momento 
sinto
que estou
fazendo parte 
de tudo isto.
O  ressoar 
de tudo isto,
no ouvido 
tem o mesmo ressoar  
de outras coisas magnificas 
na vida como olhar
as cores 
as  flores..
no ruido incessante 
da água que cai...
Como sou e continuo, 
apaixonado, 
por essa natureza 
exuberante, 
meus momentos 
que 
não me deixam de ter 
um substituto, 
talvez só o amor 
humano 
como 
na adolescência.
Amor e vida.
Amor e vida andam juntos..
representa o eterno 
PRA MIM,
desde minha infância e adolescência.
Aproximá-los da mente em 
certos momentos  
porém sinto todo 
sentido que 
adquiriram  na minha
vida.
Eu me lembro de meu primeiro arrebatador amor adolescente... 
via nas feições do rosto.. 
da silhueta, 
via emergir dali,
uma mulher perfeita 
porque 
todas amores 
assim são perfeitos 
e sem mácula, desde..
a mais sensual das mulheres...
ou
uma mulher de verdade.
Então me perguntava 
se era algo que havia
desejado, que era algo que
se convertera em uma 
mulher real ou o contrário...
Tudo como uma revelação 
de um momento.
Enquanto deixo exposto 
na tela uma imagem... 
fora da época.
Guardo 
na mente 
do adolescente,
no fundo da mente, 
como se 
fosse um segredo...
Muitas vezes me pergunto 
e desejo 
como desejo
você de volta..
Ah como queria você de volta...
assim é todo amor juvenil.  
Esses segredos inquietantes, 
esta imagens, 
esses sons bastantes 
particulares,
parece ter uma força 
de uma cascata 
passando por momentos 
recurrentes 
de profundas transformações.
É meus dois lados..
o pessoal 
e o lírico 
aqui escrito,
o moderno,
o antigo,
o mundano,
o natural. 
que me desloco
desde um olhar nas flores...
na mata virgem...
Mas, 
se formos pensar 
através da perspectiva 
do mundo hoje,
devo admitir que 
é 
uma balança
e que pende 
para cada 
elemento 
dum  
momento,
de cada vez, 
desafiando 
a teia de relações 
que cada ser tem,
de onde brotam nossos 
os sonhos 
e nossos pesadelos...
do dia dia...
a vida.
Photos 
Rebel.