Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

O temido é o inconscientemente desejado.

"O temido é o inconscientemente desejado"
Frase forte.
Provoca discussões.
Mas não deixa de ser intrigante.
Quer dizer que o que mais temo 
é o que mais desejo?
Santo Deus, admitindo isso, 
é caso de internação.
Mas o "velho" Freud também nos 
legou uma ideia,
chocante, a de que temos dentro 
de nós uma irresistível tendência 
à autodestruição.
Ele usou de uma figura mitológica:
Tânatos.

Esse Tanatos é um "deus" de aniquilação,
em oposição a um "deus" de amor, Eros.
Da luta desses dois vai depender 
a nossa saúde mental,
nossa tendência à vida ou à morte.
Há quem diga, por exemplo,
que praticantes de esportes perigosos 
na verdade estariam sendo regidos 
pelo instinto de morte, 
Tânatos.
Seria um modo inconsciente de
buscar a morte.
Psicologias do inconsciente, como se vê, 
são para estômagos fortes.
Bom, mas por que toda esta polêmica.. longa, 

demorada e até agora sem objetivo?
Já vou dizer, já vou.
É o seguinte...sobre o coração..
Mas de antemão..só 
Eros  o deus do amor nos salva noutro sentido. 
...
 Sobre doenças do coração...
noutro sentido o médico. 
Pessoas que já receberam
o cartão amarelo do coração,
estão "penduradas", o próximo
cartão pode ser o vermelho.
Uma delas contou que já sofreu dois infartos.

E que para evitar encrencas futuras,
um terceiro infarto, para ficar
mais perto do atendimento imediato, mudou-se.
Saiu do apartamento em que morava 
e foi morar ao lado  de uma clinica pró-cardíaca... 
de urgência 
Claro, não deu outra:
veio o terceiro infarto.
E ele ficou muito feliz porque estava perto
dos médicos para ser atendido logo.
E aí,

não parece que a frase..
o temido é o inconscientemente desejado..
fez sentido nesse caso...
Não me sobrou dúvida.
...
O cara só faltou se mudar para a clínica,
ele "queria" o infarto.
Também já foi dito que temos que ter cuidado com o que pedimos em oração.

É que podemos ser atendidos...
Ué, mas será que não sabemos o que é bom para nós...
Conscientemente pensamos que sabemos.

O diabo é que existe um inconsciente freudiano
que é uma danação,
nos faz escravos e nos joga nos braços de Tânatos,
o tirano que nos quer ver no inferno.
O instinto de auto destruição humana

coabita com Eros
dentro de nós.
É por isso que, não raro,
caminhamos cantando para o abismo.
Será mesmo que o temido

é o inconscientemente desejado...
Então, só Eros,
o amor,
nos salvará.