Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

sábado, 12 de dezembro de 2015

Rosas negras e raras

Dinheiro na mão é vendaval..
Como já se disse, 
Continuam
as muitas razões que levam as pessoas 
ao dinheiro..
são, normalmente, 
as melhores para alguns. 
Piores para  a maioria.
Por pior que sejam. 
Ter grana é ter um enorme sucesso, 
até com rosas negras 
e raras no seu túmulo. 
Ah não,
morte não..
"Assim que a Sorte nos venha"..
pensei no destino de nossa família se houvesse grana em 1963...
Éramos tão pobres,
a caminho da dita "classe C". 
Inútil dizer,  
mas não tínhamos dinheiro 
em 1963, 
nada nos faria fazer bobagens 
tinhamos apenas uma ideia 
de quem possa 
a pensar  
em nadar 
em dinheiro...
Com Isso aprendi. 
No tempo que vem sempre.
No entanto, há dois aspectos 
ao menos que merecem atenção.
Primeiro, a sedução do dinheiro 
é mágica, 
que habita nossos sonhos..
para mim,
isso já passou.
Depois, 
a maneira desprezível 
como a minha 
inteligência humana,
trata a grana...
depois de tantos anos..
é uma questão menor...
mas bem tratada...
no meu dia a dia..
Parece que de grana o homem fica,  matuto 
Só idiotas ou tolos... 
como há muitos... 
por ai,
fazem apologia do dinheiro...
ou quem vai nessa de grana 
e se importa tanto.. 
com eles..
tudo que reluz seduz,
e vira escravo.
Coisas que a vida 
ensina depois dos 40..
Amor não se implora, 
não se pede ou não se espera...
por grana..
Amor se vive ou não.
Inútil...pensar que alguém 
se torna alguém fiel a você...
por grana...
O dinheiro faz demônios 
que 
são anjos disfarçados, 
mandados à terra por um diabo..
Ou será Deus..
para mostrar ao homem o que 
é o inferno.. 
em todo mundo tem estes 
demônios 
é uma 
espécie selvagem de demônios...
o dinheiro so os acompanha.
Crianças aprendem 
com aquilo que você faz, 
não com o que você diz...
fique longe do poder do dinheiro...
As pessoas que falam 
dos outros pra você, 
e colocam poder e dinheiro no meio, 
vão falar de você para os outros...
Perdoar e esquecer a  grana, 

nos torna mais jovens.
A simplicidade 

e a humildade 
é um santo remédio..
a quem tem grana e que não tem.
Não existe comida ruim, 

existe comida mal temperada...
então dinheiro não é tudo.
A criatividade caminha junto 

com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor 

e única forma de agradar.
Amigos de verdade 

nunca te abandonam...
As diferenças tornam 

a vida mais bonita e colorida....
Não ter grana, 
não faz de ninguém um tolo. 
Tolo é quem mente...rouba etc..
Há poesia, gratidão e beleza de graça em toda a criação divina...provável que o dinheiro não seja criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, dinheiro não e tudo, pensar assim não te faz um João ninguém ou um tolo. 
Tolo é quem sair por ai de carrão se achando... mente a si próprio.
Gratidão e amizade é que são presentes raros...não é que se compra com grana.
De tudo, o que fica na vida é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações...com muito ou pouco dinheiro.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor
Não há vida decente sem amor..com pouco dinheiro ou muito ou nenhum dinheiro.
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive bem a vida... mais alegremente...
O Papa Francisco disse,
sobre o poder do dinheiro, 
é que ele domina as pessoas, 
embriaga 
e cria uma falsa ilusão de felicidade.
Ter dinheiro, 
Ter o poder,
podem oferecer 
um momento de embriaguez, 
uma ilusão de sermos felizes, 
mas no final, 
acaba por nos dominar 
e levar-nos a querer 
ter cada vez mais 
e nunca estarmos satisfeitos...
E a hora do não dá mais.
Até a morte, tudo é vida.
Cervantes escreveu isso..
Que sabe  o teu sorriso largo, 
escancarado e te olhado e dito: 
que barato 
é viver 
sem  o apego a grana..
eh...amigo..
É,  diria...
você sabia que a vida é um barato...assim...
Eu bebendo Coke Zero, 
que me da essa alegria 
escandalosa de viver. 
Certeza que tem algo, nesta latinha. 
Só pode. 
Ah gente nos botecos, bares, em casa se encharcando de cerveja...
Whisky pra amortecer 
todas as chatices que os engolem e sufocam..
e eu acabando de rir.. 
de que tem dinheiro..ou é um obstinado 
por esta vil moeda..
Mas no mundo de Prozac e Rivotril,
toda efervescência.. 
só poderia acontece 
se tem cachaça ou droga no meio. 
Não....dinheiro para quê.. 
e o sol tá me esperando,
a cidade está precisando de gente
com esse amor cego e incondicional...
nada que lembra grana..

A cidade que pensa 
só em grana está feia, 
largada, 
perigosa, congestionada..
já nem curti 
a grana que tudo 
é feito pra isso. 
Se dinheiro 
era só o que te bastava na vida. 
Não quero você por perto...
então...tua tribo é dos...
Porsche...Land Rover...BMW, 
Mercedez, Ferrari,  
carros de Status,  
que sem falar menores como mexicanos, americanos, chineses, coreanos  e japoneses.. 
Carros....
Um apto de 500, tudo bem, 

mas um carro...
Mesmo que o carros sejam sonho..
Sonho seu...lindo, acho tb bacana.
Mas a importância que boa parte 
dos brasileiros dá ao carro.
E essa mania deixa marcas indeléveis 

nas ruas das cidades.
Ao transformar 

o seu veículo numa extensão da sua personalidade..
ou na melhor parte dela, 
há quem tenha perdido a noção 
de que a rua é um espaço público. 
Daí a se achar inimputável 
sobre quatro rodas é um pulo 
(ou uma acelerada a mais, 
ou mesmo após uma fechada..
ou costura no transito).
O  Porsche, da morte de James Dean 

que sofreu um acidente era um tipo 550, 
em Salina...EUA, ao dirigir uma máquina de grande potência.Porsche 550...um Spyder. 
Dean bateu de frente, num Ford Custom Tudor modelo 1950. 
O transporte individual criou uma realidade trágica na metrópole: horas perdidas no trânsito, tensão no ir e vir, ar sufocante nas estações secas  li   que neste mês, a poluição causada principalmente pela queima de combustíveis...

anda de mal a pior...
Tomar consciência de que não precisa ser assim leva tempo. 
Basta lembrar..cigarro por exemplo....

era "lindo" e "bacana" 
posar com seu cigarro..
Hoje, os galãs do cinemão americano 

passam longe da nicotina.
A compreensão de que o carro..

tem um custo social ajudará 
para desglamourizá-lo. 
Com o tempo, será possível 

convencer as pessoas de que ser veloz e furioso também passa longe de ser "lindo" e "bacana".
O carro, a roupa e o poder que vem da grana, apesar do valor que as pessoas dão..dentro da economia, que é enorme.
Aqui e ali, já que tal desglamourizar. 
A meta é carros de menos..

verde  e mobilidade coletiva mais. 
Hora de pensar no futuro..
que fazer, na cidade, não é só carros..motos tem muita coisa demais..
Tá doendo..
tá doendo pensar neste mundão 
de gente que gosta da grana..
É egoísmo nosso, ninguém quer sofrer com a ausência de grana até a gente gosta. 
Dá uma raiva da vida, pensar que possa morrer um dia.... 
Porque não dá pra acreditar 
que alguém cheia da maldita..é mortal...
De grana..
quem sabe um caixão melhor...
ou flores muitas flores...
com elas muita gente amada por seu dinheiro, chorando.. a beira do túmulo 
ou outras sem elas, 
deixará dessa vida louca, 
deixará toda grana...
vai, que vida é boa,
e outros 
só pensam, ai, 
que vida,
é uma merda 
sem grana...
Mas não é bem isso 
que
na cidade ou no campo, 
na beira do mar 
alguém
diria..
.