Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

sábado, 18 de março de 2017

Shadows in the Night

 Ouvindo 
"Shadows in the Night",
a primeira pergunta 
que vem à cabeça
é: "por quê?".
Dylan, o jovem rebelde.  
Dylan, o jovem rebelde. 
Dylan encarnou sempre 
um menestrel de voz fraca 
e nasalada que mostrou que, 
no pop, 
o texto é tão importante 
quanto a voz. 
Seria fácil chamar 
"Shadows in the Night" 
de projeto de vaidade, 
se Bob Dylan 
não fosse Bob Dylan. 
Ele realmente não 
precisa disso. 
O repertório é impecável --
"I'm a Fool to Want You", 
"That Lucky Old Sun", 
"Autumn Leaves" 
e Dylan teve a sabedoria de 
não esconder sua vozinha 
no meio de uma orquestra, 
o que teria sido patético.
E mostra que não basta 

ser gênio musical para 
interpretar qualquer coisa. 
Ninguém pode fugir de ser o que é. 
Basta imaginar o mito cantando... 
"Like a Rolling Stone".