Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

sexta-feira, 17 de julho de 2015

1960, um ano para lembrar sempre.


Me faz muito sentido, 
a data para começo de conversa, 
não é o ano que nasci,
mas que adquiri a lucidez mentalmente, 
é já faz um tempo, um longo tempo até aqui, 
desde 1960,
coloco 
em ação todos os meus circuitos cerebrais 
que levam a esta data, em minha mente, 
a me perguntar 
a questioná-la...
neste longo tempo.
Eu confesso que vivi, e sobrevivi.
Vi..na nossa civilização (...) desde 1960, 
em diante, o avanço da filosofia, 
da música, da tecnologia, 
das grandes conquistas do anos 
60, em diante, que pude sentir, 
na pêlo e na pele, 
anos 
tiveram em si, 
o dom de transformar a vida em uma viagem 
uma aventura,
mais pacífica, fértil e amorosa.
Vi que a produção de riqueza, 
por si só, não leva o meu trem 
aonde em que estamos, 
que a Web
não é um patamar superior das relações,
que assim caminha a humanidade 
podendo ocorrer a ida a um abismo, 
ou mesmo se dirigir com toda velocidade 
ao despenhadeiro... desmoronar.. 
que o aquecimento global é bem isso que dizem, 
uma entrada ao Inferno..
do homem sem consciência ecológica..
apesar de todos avanços será destruído.
Ainda há toda esperança.
A expectativa é de que 
nosso conhecimento,
nos ajude, então, 
a puxar os freios de emergência, 
deste trem, 
digo 
na questão da sustentabilidade ambiental.
Mas  há tantos outros temas...
Sempre que leio 1960,
é um bonito número  
e  na expressão...
sustentar...resume tudo..
com um  azul de esperança..
O futuro parece opaco,
até, 
cheio de surpresas,
não devemos
deixar de ter  os olhos atentos,
fazer nossas 
observações, 
reflexões,
do presente..
do passado.
A vida 
é cheia surpresas, 
de encontros inesperados
e claro, 
existe o mistério, 
em tudo... 
Há coisas maravilhosas
acontecendo,
em tudo que vai acontecer.
A vida..
cada momento
entrega, algo potente para reflexão
no contemporâneo.
Atenção para nossa profundidade..
Tudo o que é das epidermes...
como nome diz...
é superficial..
Sei,
mudar de vida nunca é fácil.
É quase impossível, 
dizer  toda a verdade...
Andarei por ai....
neste dimensão "existencial" 
no ócio,
mas também
desleixo...
que todos temos.
mas na consciência.
A inconsciência não 
é semelhante ao sono 
de todas as noites.
Acordar, bem ou mal, 
envolve um mínimo gesto 
de vontade própria.
Mudar significa..
devolver a vida..
o brilho..
mudar o mundo daqui para frente,
significa,
aceitar que agora é com nós, 
Mude a cor, se for preciso,
gosto do azul...
e dias  azuis 
serão melhores,
mais produtivos,
mais saudáveis.
Não, nada disso ser pessimista..
A vida..
pensando bem,
tem 
um valor tão alto...
o futuro é azul..
por estes meandros só vejo azul
mas há outras cores.. 
Words
Photos
Rebel,