Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Há o Esplendor da Relva.


YELOW FLOWER OF CACTUS IN BRAZIL, upload feito originalmente por *...REBEL..*.
Eternas só as imagens,
de dentro da flor...
Bom, como não há ainda 
o homem eterno...
fica o exemplo de algo eterno. 
Nos humanos, 
esse ser extremamente finito..
ainda possua alguma inspiração...
talvez assim será imortal, 
ainda assim não será eterno...
tudo foi criado, nada era nada antes de ser.
Dentro de nossa temporalidade..
(ou melhor  temporalidade ou finita existência),
todo homem que se preze deve procurar
compreender o mundo e a si mesmo...
sob a ótico da temporalidade. 
Os rótulos  até hoje fabricados..
vão cair 
ou já foram caindo à medida 
que o tempo avança....
Desde Rei da Criação, 
Filho de Deus, Animal Racional etc..
A lista é extensa e ridícula.
Mas independente da sua, 
da minha compreensão,
há  de se viver e o homem vive...
menos simples do que aparenta ser..claro.
Um cidadão como eu, 
estuda, casa, contrai dívidas,
é e nunca será imperador, 
papa, botânico, 
milionário,
soldado, cantor de cabaré,
louco de estrada, artista de cinema.
Talvez um humilde escritor..
um simples fotógrafo..
Entra então agora 
um filósofo*escrevo coisas.. 
e pego algo no olhar.... 
o artista*fotografo
e clic...
ai digo: eis um homem simples..
Um homem simples não pode,
chegar ao ridículo 
dizer isso,
eu digo simplesmente:
não é todos que o são...
Palavras de um homem, simples..
sei que é vulgar se auto denominar..
mas sou fatalmente 
o crítico de mim mesmo 
e
sou uma negação na filosofia...
barata..
É um homem...
sou apenas um deles..
Independente dessas 
emocionantes questões, 
sei  que tudo..na face da terra...
dos humanos e do homem é cheio..
maldade e leva o homem à destruição...
veja a natureza..quer melhor exemplo..
Dizer o filho de Deus 
é Bonito só da voz do padre..
na rua é outro homem que destrói..
egoísta etc... 
A frase muito repetida segundo,
a qual nada se cria e nada se destrói.
Uma ova!
Mas o meu... 
eu  e meu gosto da minha miséria, 
meu pranto de ver o mundo assim..
e que jamais resolverão 
a miséria do mundo.
Ou de outros homens muito menos 
assim e das mulheres...
assim também...
Por isso, depois de mim só o dilúvio...
para destruir crenças..
De todos os conceitos com que se procura justificar o homem,
o mais comum é o da arte.
Se na arte é o artista 
é o que mais se autopromove.
tem divergências..
há sim..
na minha cabeça não..
a arte esta a serviço do homem sempre.
Tal preocupação, justamente pode ser..
mas a obra é muito mais válida
e honesta de artistas cujos valores 
são abstratos,
não especulativos, 
e que no maioria das vezes, irreais.
Sim, a arte formou respeitável 
patrimônio através do tempo.
Não importa que 
Homero tenha sido um conjunto de oito
ou mais desocupados 
que escreviam epopeias homéricas.
O valor dessas obras subsististe e para....
Para reprovar alunos nos bancos escolares,
para servir de epígrafe 
a autores menores e, 
vez por outra, 
entusiasmar um erudito arredio 
da vida, trancado nos livros e no passado.
Então surge a pergunta: 
por que, sabendo disso tudo,
você não escreve livros...
Não, nem para...
ser padre..fui capaz.
Não, não foi por falta de  vocação.
Sei que  há vocação para isso, 
não é uma vocação
para se ser jogador de futebol.
A coisa acontece quando 
se somam muitas virtudes 
e algumas decepções e quando vamos
adquirindo a certeza de nossas limitações.
correto!
Me conforta ..quando penso....
sim e como penso..
Há o esplendor da relva
onde é bom amar,
ainda que o amor seja breve...
como a glória da flor.
A frase é parecida com alguns 
por ai mas não é,
é minha mesmo.
Há na minha manhã 
de primavera ainda há onde ver,
olhar e sentir, ainda que seja breve
a glória das flores do meu jardim.
“Cada manhã isso me dá a certeza
que elas não precisarão 
de outros olhares,
que as afeiçoem pelo 
restante do dia".