Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Lucidez.

A terra poderá nos dizer.... 
não precisa me amar, 
só me dê meus direitos...
A vida é..
assim na nossa amada terra...
mesmo quando há problemas...
refiro aos ambientais...
Na primeira parte da viagem 
estava olhando...
em todo caminho....... 
plantas e pássaros e rochas... 
e coisas 
e hoje não há, 
nem chuva...
só sol 
e frio.
A primeira coisa que 
encontrei foi um pinheiro...
e algumas abelhas 
no capô do carro 
e uma abelha 
com um zumbido...
me chamou 
atenção a natureza 
de todos nós
E
eu estava olhando.. 
céu cheio de nuvens
Fez-me triste pensar 
que 
o dia seria assim..
Eu vou por esta estrada..
de Fraiburgo 
até Palmas...
Agora longe de casa 
é bom sentir-se 
fora de casa,
na natureza.

No caminho você pode não 
se lembrar de tanta coisa só ver...
agora sentado em casa,
lembro de tudo isso.
Porque não há ninguém mais aqui para 
me ditar algo
Longe de casa..sinto algo como como diz...
T. S. Eliot, 
não sinto nenhum estrondo, 
mas com tudo 
isto por ai,
é como ouvisse um gemido.... 
da natureza do meu mundo meio..
"homens insensíveis, 
dos homens do carro,
da moto...
dos avi
do consumo...
aviões,
do mundo materializado 
e sem alegria.
Camões, 

no início da globalização,
dos descobrimentos, 
ao voltar e encontrar a pátria, 
dizia, 
"metida no gosto da cobiça 
e na rudeza de uma austera apagada e vil tristeza". 
Eh isso ai...
uma lucidez desagradável, 
um
vazio e tristeza, 
que não havia 
nos anos que não voltam mais..