Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

MARC BOLAN, O T.REX

Março de 1972...
CURITIBA cidade universitária, 
comercial e industrial,
leste do Paraná. 
Eu acabava de completar 16 anos. 
Eu numa nova cidade 
em que me sentia num mundo novo,
na escola, não estava habituado as mudanças repentinas,
sem uma família,
e nesse ambiente para 
sair de meu cotidiano mais feliz: 
uma ideia de um amigo 
do colégio Bom Jesus para ouvir 
uma som em sua casa. 
O T. Rex estava lá na vitrola.
Na minha cabeça uma admiração,
se cria ai. 
Era um ícone da musica do mundo possível..
Marc Bolan, este idolo do glam rock que fez sentir-se vivo: os discos que passaram 
a fazer parte do meu dia dia e ouvia religiosamente 
em seu quarto em Curitiba, bairro Alto 
da XV, e vendo as capas e imaginando 
os visuais que me faziam sonhar.
Junto veio o Led Zepellin, 
Pink Floyd, 
The Doors...
Black Sabbath, 
com suas fotos cheias de glamour 
e seus figurinos tão extravagantes. 
Socialmente não bebia 
com seus amigos, passa muito do meu tempo lendo, assistindo a filmes, ouvindo música e escrevendo. 
Tinha horror a drogas. 
Tenho horror a cigarros,
era celibatário 
e tinha um modo de vida muito 
saudável", "não era reacionários". 
Mais tarde: 
"fiz uma ruptura com tudo na época...
deixei de ser seminarista"...
fui fazer Medicina em 5 anos,
mais tarde tudo junto ocorreu ".
A medicina na federal de Pelotas 
foi um abrigo..o abrigo...justo para um batalhador..a luz de casa...
meu canto....tudo...
até hoje e esse mesmo silêncio 
que me cerca....
em casa agora....
há pouco foi substituído 
pelo som muito suave 
de uma balada 
do Blackmore's Nigth...
sinto um arrepio..me tomando...
volto no tempo...
ainda querendo entender 
as minhas dúvidas 
e receios....
reais ou sentimentais...
mas quero viver.. 
a vida do jeito que dá...
mesmo 
com todas os dificuldades 
que arde...
de dentro de nós...de mim...
ainda bem aprendi 
a enfrentar tempestades..
mesmo...assim...
cheguei aqui firme e forte....
importante é manter a chama viva 
e senão este tempo maroto... 
pode extinguir a chama.... 
e o que é a vida sem isso..!!!!!!! 
e continuo ouvindo T.Rex
Ninguém pode ser......
alheio aos movimentos....
de tudo e todos que giro... 
que volta meu mundo deu....