Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Crazy.

Todos somos,
devidamente loucos
e normais
por natureza,
com seus problemas,
encanações,
arrependimentos,
sonhos
e alguma esperança.
Ter a mente liberta,  
Ver de olhos bem abertos
me deixou muito
ciente de mim mesmo.
As  vezes vem o desejo
de rasgar a superfície da vida
e chegar
em sua essência.
E isso não se
faz simplesmente.....
mas com fotos e histórias.
se pode.
“Estava caminhando na beira mar",
“Eu achava que conhecia o mundo".
observando o sol.
lembro.
O pensamento
“A fotografia matou a charada,
nas descrições detalhadas",
“Eu poderia aprender
muita coisa sobre literatura
e fotografia..
Mas é muito mais prazeroso
assistir um pôr do sol,
me empolga...muito
foi,
ó o melhor da minha vida!
isto.
E foi olhando
E comecei a observar..
o pessoal na beira da praia,
a areia
o jardim, as árvores.
E os pássaros voaram para longe.
E só o que  podia fazer
é ficar atrás de minha câmera,
espreitando qualquer
movimento na praia.
Eu fazia isso,
ali isso todo dia.
Haverá também sempre, 
aspectos prosaicos da vida
que serão descritos
nos ínfimos detalhes
nas fotos.
O mar.
 o sol,
o casal,
a bicicleta..
sua amiga bicicleta.
Se aproximava a noite
e a minha solidão,
se encontrou com
o melhor do silêncio,
queria dizer ...
O tempo, a hora
me fez olhar longe
e nos deixa muito só...
neste entardecer.
O dourado refletia
nas águas profundas...
Mergulhei dentro..
um encontro, 
na distância,
da terra..
o mar lá longe..
no céu não ficou 
uma nuvem!...
só o dourado..
pôr do sol. 
Assim que  
se foi pensei
na manhã seguinte
no meu horizonte,
e parti, pelas avenidas
em busca da Vida....
o sentido das sombras,
nas altas horas 
que me seguiam, 
eu trazia comigo
e ainda encontrei um
pedaço de lua
 escondida na nuvem.
A noite aproximou-se
de mim.
A Vida projetou-se
na minha tarde,
na minha noite,
eu  descobri  que a Vida
tem este
enredo mesmo.
Sorri, porque sabia que era tudo,
e tudo tem sentido!
É só perguntei a mim,
Não tenha medo da Noite,
oh amigo da Lua..
que tudo é muito louco..
e estranho.