Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Flowers and Trees.

Algumas flores vêm e vão...
Desta vez
Faça 
você seu juízo, mas esta é de
parar e suspirar,
e foi assim
diante 
desta 
flor selvagem.
Toda vez, 
quando olho,
Muitas vezes, 
já me perguntei,
qual o motivo.
No meio das árvores,
folhas,
galhos, 
flores e pássaros.
Então, falava
debaixo das árvores favoritas,
no meio
da floresta nativa..
Algumas flores parecem,
fantasia, mas tão reais
Tudo o que você sente 
é uma atração interior,
pela beleza simples
e selvagem..
Faz a foto
como que 
você suspira
meio da floresta, 
como 
fora do tempo,
Lá embaixo, 
como num sonho..
Flores..
Vêm e vão...
De vez
parei e suspirei,
diante 
desta 
flor selvagem
Toda vez, 
quando olho,..lembro

No meio...
O colorido desta flor 
da foto
revela-se 
é algo
insubstituível, 
sensível
e sensual,
da natureza, 
nada 
demais intelectivo,
e mais
cores
são significantes
tem  vizinhança 
com uma
da pintura.
Lembrei do Disney..
Flowers and Trees,
que passava 
para meus filhos..
cantava com eles primavera..
que me dera..
Na prática, 
toda cor tem 
matiz fantástica,
revela-se
nas formas
de expressão
onde se junta,
no mesmo nível,
à pureza 
dos objetos
Fotografia é a minha arte,
galhos, 
folhas, 
troncos,
junto está 
uma bela flor, 
na mata nativa.
Os temas 
que escolho
são muitas
vezes 
vem das coisas
inspiradas
na pintura.
Gosta-se
ou
Ama-se 
estes
temas.
Quedas,
plantas,
flores,
troncos,
se multiplicam
na floresta 
e nas
minhas fotos..
no post do blog.
Haverá sempre
um jardim
um monte arvores,
onde estou.
A minha escolha
é minuciosa
e exigente, 
derivada
de meus interesses
no assunto.
Um dia eu chego lá,
num mesmo patamar próximo
da arte da pintura...
este eh o sonho de
todo fotografo.
Mas a fotografia bem feita,
insistindo
na sutileza das formas,
captando a beleza
meditada e 
das texturas
e tons e superfícies.
Apaixonar-se pelas
flores e arvores exóticas,
ou não,
ai é outro patamar,
mas se chega
a um momento que
se vai reproduzir nas fotografias,
um ar de delicadeza que elas representam.
As flores e plantas
são
como os seres humanos
tem lá suas expressões genuínas,
de fragilidade
e de beleza,
estão lá para retratar,
mas
com um mínimo
de fidelidade a elas,
sei
que 
tem que haver isso.
Um dia eu chego lá
a ter 
uma imensa beleza das obras,
fruto de uma intenção
dirigida à chamada
"criação artística",
de forma humilde de fotografar
em vários motivos
vegetais da mata atlântica
ou flores
desta mesma mata.
Usar fotografias
é como é retratar
ao vivo de cada espécie,
embrenhando-se
no fundo das selvas
para encontrá-las a
beira da estrada..
ou na cidade. 
A qualidade dessas fotos,
vai devagar
e de longe
no seu sentido
primeiro,
de demostrar,
depois
de oferecer
uma verdade
maior do
há por ai
nos matos
florestas
e jardins.
A relação íntima
estabelecida entre
o olhar que detalha,
que nada deixa escapar
e a minudência
observada
são insubstituíveis.
A arte de da fotografia
não tem uma pretensão
no terreno
uma expressa
intenção artística,
mas no realismo
mais profundo e fiel,
que nos transporta,
a flora e a botânica
para além do efêmero.