Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

domingo, 3 de janeiro de 2016

Fome, Antidoto Exercício.


prática de exercícios intensos 
não abre o apetite, 

sim diminui a fome..
sensação de saciedade é mais acentuada e duradoura depois de atividades aeróbicas, como a corrida e bike...
Isso que sempre achei...
vejo comprovado em todo lugar que há nutricionista, medicos, e profissionais da área escrevendo e relatando seu estudos...
Se fôssemos máquinas, a relação seria simples:
o combustível leva ao funcionamento,
que exige mais combustível.
Mas, em nosso corpo, essa equação apresenta certas singularidades, a começar pelo aparente paradoxo:
quanto mais exercício, menos fome...
A prática de caminhada (atividade física moderada),
ou andar de bike (pratica moderada)..
a fome sentida normalmente...
mas se for intenso o apetite...
diminui..
Atividades aeróbicas perde-se a fome
por ainda mais tempo do que quem havia realizado atividades de resistência muscular...
Menos fome é maior na primeira hora após o treino.
Mas, comparando
quem fez com quem não fez exercícios,
observou-se que
a diferença entre ambos era significativa por até duas horas.
Após esse período,
a fome volta a ser igual à de quem não treinou.
O mecanismo pelo qual os exercícios afetam o apetite não está esclarecido.
Sugere-se que o aumento na temperatura corporal leve à supressão de apetite.
Isso pode explicar uma supressão da fome mais intensa após a corrida do que após o levantamento de peso, já que a corrida provavelmente aquece mais o corpo".
O que já se sabe é que os hormônios são peças fundamentais desse quebra-cabeça.
Há um estudo de Stensel,
a fome dos atletas  "medida" por questionários e por exames de sangue, que avaliaram a concentração de substâncias hormônios que avisam o cérebro
de que está na hora de comer.
Quando nos alimentamos,
entram em ação outros hormônios,
que ativam a sensação de saciedade.Constatou-se que o treino intenso tanto reduz
a concentração de hormônio a grelina
quanto eleva a liberação de PYY,
um dos hormônios que levam 
à saciedade.
Resultado: menos fome.