Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Spring.

Quando penso no 
que seria de mim,
agora,
se não 
a tivesse encontrado (...).
Então é bom dizer algo, 
escrever,
há necessidade 
de te dizer mais 
algumas palavras.
Você me dá
não
apenas o
ideal sentido,
mas também 
tanta felicidade...
Você também  
já escreveu... 
que a cada momento 
nos revelamos 
um 
com o
outro..." ,
diria que nos 
revelamos muito,
e, 
em princípio não vejo
risco...
e
pergunto que risco 
poderia ter 
isso para você, para mim o risco 
é sentir-me  bem..
ser feliz.
....
O seu pensamento.
Os seus
Dias sim 
Dias sim,
sobre o  
tempo, 
lindo, 
imprimi, 
guardei na
minha
caixinha de 
pensamentos 
(parece coisa infantil...), 
de onde  
tens tanta
inspiração, 
tua inspiração 
me toca, 
e nele diz,
queria que
escrevesse
tudo o que desejas...
Eu escrevo 
e ás vezes demais...
você não acha...
Chegando 
a primavera
e aqui, 
já há flores 
no jardim
Boa noite

Tired.

Cansado..
então descanse.
Caminhar é uma 
atividade relaxante...
As atividades  
solitárias,
são mais relaxantes,
Cansado...
é melhor
relaxar sozinho...
como ouvir 
música,
meditação, uma caminhada leve.
Andar 
no alto de uma montanha,
com ar 
puro 
ambiente 
cheio 
de 
natureza, 
sem ser molestado pela urbanidade, 
como transito,
pedestres e ou ruídos  
leva sempre a um bem estar..
E estar sozinho, 
ouvir música da natureza  
nada fazer  e 
o nada não é diferente 
de curtir.
Todos nós precisamos 
no ócio,
de algo poético, 
que
eleva a estima,
que gostamos,
que nos conecta à nós 
ao mundo natural.
Então
realizar 
atividades
ao ar livre,
assim
solitárias, 
fazem bem,
há outras
como ler, 
ouvir música, 
é o 
ócio simplesmente...
É
algo óbvio,
que a natureza ao ar livre, 
faz bem para todas pessoas. 
Estar 
num ambiente tranquilo 
é um contínuo 
ao ato de descansar...
Ao
se descansar
a mente 
o corpo...
Descansar a mente 
numa caminhada 
e
cansa o corpo...
assim é que acontece, 
numa subida do morro.
Mas depois 
de algum tempo
descansamos 
os dois simultaneamente.
Mente e corpo.
O verde..
o ar puro,
são relaxantes tanto
aos extrovertidos 
como aos introvertidos.
Apesar de ser 
uma atividades solitária,
caminhar pode ser feito 
com som ou
faça algo 
como fotos, 
vídeo, 
isso ajuda mas 
retire os fone e ouça
o canto dos pássaros, 
o murmurio do vento,
sinta o próprio corpo 
e suas próprias emoções.
Todo ser,
ao estar só,
voluntariamente...
mentalmente 
há uma busca de si,
conversando consigo..
como num exercício
com sua própria 
existência 
e consciência,
o faz sentir a alma..
e a si.
e a sua mente.
Estar voltado para si,
isso
mesmo,
leva pessoas 
a se desconectarem..
claro nem 100% 
do tempo...
mas uma parcela 
deste tempo. 
Há sempre lugares assim, 
sem usar o celular.
Mas se você está só em algum
lugar
desligue do trabalho,]
das outras pessoas,  
até
desligar de si 
por momentos
ou
de algo chamado
de monólogo interno.
Esquecer do mundo 
e esquecer dos problemas 
e esquecer é algo
que existe e faz bem
No ócio...
se 
mente que 
navega
demais
pelos pensamentos, 
o cérebro acaba 
ficando demais 
ocupado, 
ai é difícil descansar. 
Descanso  
anda junto 
com bem-estar.
Os cansados 
tem péssimo 
bem-estar.
Simples,
descanse 
sem se preocupar 
com o que está deixando 
de fazer.
Descanso não torna 
ninguém preguiçoso.
nem mais ansioso..
o relaxamento em si...
sempre faz bem.

A Difícil Arte de Amar


Dhália, upload feito originalmente por *...REBEL..*.
Cena do filme "A Difícil Arte de Amar"..
Nora reclama para o pai sobre 
os casos de seu marido,
ao que o pai responde sarcasticamente....
que se ela quisesse fidelidade, 
deveria ter se casado com um cisne.
Isso não teria resolvido seu problema, 
já se sabe que os cisnes também traem.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

A Graça do Fim

A Graça do Fim...
todo fim de tarde 
tem esta graça.
esta é a graça.
Texto
foto by Rebel





Letter X

Nesse 
instante 
é que li, 
tua carta,
é como estivesse 
espalhando amor 
pelo ar,
aqui. 
Ah..
Curta o dia, 
Sim...
meu querido... 
se 
inunde 
do sol da manhã... 
sinta-o 
a aquecer-lhe 
a alma... 
o coração... 
o corpo...
Queria... 
quero... 
oferecer-lhe 
meu colo... 
um carinho com as
minhas mãos...

meu corpo. 
Ah ainda
te vejo caminhar, 
aqui em casa...
no meu quarto...
ali..
E, enquanto estás caminhando.
Está no meu caminho...
Eu nem consigo acreditar.
É tão bom importar-se...
Através do encantamento...
Foram anjos que se tocaram...

percebia isso em seus olhos...
Tão surpreendente...
tens um coração, uma alma

como tudo entre nós,
um paraíso...
Percebo você, assim
querido, sempre assim... 
juntinho  
a mim... nessas nossas
intimidades cotidianas... 

nossos enternecimentos recíprocos, 
nossas buscas
pelo nosso aprimoramento e

o aperfeiçoamento de nossas almas...
estamos... 

continuamos juntos... 
e tão linda nossa estória...
Estamos a semear um no outro, 
carinhos, ternuras, amores... mas
ao final de tudo, tenho certeza, 

que estamos é a  
semear algo
em nós mesmos... 

nestas nossas manifestações 
de carinho... 
que se tornarão
belas paisagens... 

belas flores... 
em nossas próprias vidas... 
pois quando
amamos... 

nos tornamos melhores... 
mais sensíveis... 
mais humanos...
Hoje... antes de consegui dormir... 
pude pensar, 
assim
fechar os
olhos... 

sonhar com vc... 
revi vc... 
em pensamento... 
em todas as suas
fotos... 

em nossos passeios,
imaginei você... 
eu... 
nós... nós dois juntos...  
foi maravilhoso,
o parque da redenção,
o Bom Fim é um lindo lugar,
Bom assim... 

tê-lo agora 
em 
meus pensamentos...
Aqui..
Até dormir... 

Como sempre..
Boa noite.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Dialógo.

Escrever 
é algo pessoal...
intransferível,
uma manifestação 
da emoção...
fazer tudo brilhar,
nas palavras.
Posso afirmar, 
que é isto,
é tudo que vem
de onde,
me enxergo,
é
tudo que há na vida,
é tudo que demais precioso,
é isto,
que escrevo.
Nem sempre
escrevo 
sem pensar 
ou penso 
em quem me lê,
é um
entendimento....
entende.
Escrever
ou 
a escrita
é um exercício
algo visceral,
lá fundo
da minha 
consciência,
como uma
expressão do sentir a alma,
ou algo assim....
um monólogo lirico,
captamos e
lançamos 
ao universo,
e
há os poemas 


os 
poemas
açucarados.
Escrevo 
que penso,
que sinto,
é um exercício 
sobre o "eu" 
ou daquele ser
que queres 
compreender. 
Escrever....
é uma forma de 
manter a lucidez
ou
que a felicidade, 
passa perto,
ou junto,
por algo 
chamo de 
de compreensão,
num nível 
aceitável 
do 
do nosso mundo.



segunda-feira, 26 de setembro de 2016

By Choice

Somos 
hedonistas
até
em demasia...
Aqui e do outro 
lado 
no mundo,
vivemos
um mundo
de época da busca da felicidade 
e colhemos vazios.
Pessoas vazias,
mem todos os lados...
buscando 
adrenalina,
ou 
de emoções,
a todo custo, 
até onde não existe.
estas sim,
emoções vazias.
Chega de escolhas fúteis.
Calma e  serenidade...
mais, muito  mais
nas  buscas.


Nada de imediatismos.
Nada da luta desenfreada, 
uma louca busca 
ou desenfreada busca 
pelo prazer..
O sensato 
é reconhecer.
que há a dor... 
numa picada,
eu não gosto,
mas há quem gosta,
é o prazer...
nas drogas.
é tão desprezível.
Até o aroma da rosa 
tem lá 
seus espinhos 
próximos.


Você está lendo 
algo chato.
É isso..
mundo sensível,
sem boas idéias.
Sem valores reais,
o homem que se deixa,
o homem que se queixa
o homem perdido 
e sem amor,
a esperança sumiu, 
O que se chama prazer, 
deveria ser mais justificável.
sem
o acaso, 
e uma certa
resistência
ao prazer fútil.
Homem perdido 
e sem amor...
é hoje,
o vilão 
na insanidade, 
O bebedor. 
O drogado.
do delírio tremens...
da dor física,
da abstinência,
todas tem 
por trás
a angústia mental.
Alguns sentem uma culpa profundo.
e a morte 
longe...outros nada sentem.
A boca espuma.
Já Fiquei impressionado 
com pessoas assim.
Nada é único...
milhões fazem isso é a gente
sabe o porquê.
Vidas vazias. 
Há muitas outras razões.
Um caminho que  
não é o certo, 
muitos não se importam.
Seguem a eterna busca pelo prazer...
Mas,
Há outros caminhos


Na verdade, 
alguém que escreve
está num momento
só...
pensando 
nisso 
tudo..
Prazeres e desprazeres.
Preferia hoje,
levar meu corpo 
e alma...
a um lugar 
distante.
onde há flores 
e verde,
e mais tarde,
voltar a cidade,
ver põr do sol 
e
ir a missa das 7 horas.
Mas mudei, de idéia 
voltei para Videira.
Enfrentar 
uma estrada
de 12 
quilômetros
de fato, 
não 
viver isso é perda de tempo.
Motivos para chorar, 
todo mundo tem né. 
Ah, talvez hoje 
uma bela noite..
Um vinho..
Foi isso, que pensei.
Sou alguém, 
pensando,
sentado na montanha,
sentindo que tem dias que há um vazio.
...
Não há 
diferenças 
entre 
nós humanos.
Tem dias 
que a dor
é maior. 
Agora 
em frente 
a gruta, na descida 
do morro.
Frente 
uma gruta de nossa Senhora, vendo água correr
significa 
que ainda rezo,
e por muitos e por minutos.
Sozinho..
desfazendo da amargura, 
e da tristeza. - tudo fica
para atrás.
A frente só
alegria 
e respiro o ar puro 
da montanha
sem ser puro.
O caminho 
é duro para 
quem tem angústia suportável... Podem estar pensando..
mas hospitais psiquiátricos  
e sanatórios não estão 
cheios de pessoas felizes.
Sou feliz 
em ver 
uma 
rosa 
branca, 
no 
caminho,
vindo  para
casa
bem abaixo 
nas montanhas 
Acho que a fé te estende 
algo em suas mãos,
que os outros não poderiam oferecer...
e
a tristeza..
havia já era menor aqui. 
Chegando 
em casa,
o belo, de uma rosa...e rosa é
uma bela palavra e que significa bondade, carinho.
Ando precisando.
Mais tarde parecia ser, 
um entusiasmo maior com as coisas...
olhava longe.
Montanhas recebendo esse tom dourado.
Em casa tudo tão silencioso.
naquele silêncio 
e só esperando o sol se ir.


Estava 
na  
sacada
da
cobertura
você vê 
é apenas
o sol se ir,
Ninguém entende isso,
mas ele vai
acaba o dia..
Acabei
de dizer sobre algo simples,
de alguns que não gostam 
de ver o pôr  do  sol.
Lembre-se, devido 
ao fato dele existir 
e que estamos vivos 
e esperançosos,
quando vemos brilhar..
Quero dizer, 
que meus olhos 
ao ver esta beleza,
estão cansados...
mas 
uma fadiga momentânea,
apenas
resisto em ficar mais tempo
até o crepúsculo.
depois
terei
um belo jantar,
italiano e um vinho tinto.
Tudo que 
eu
quero depois
é uma cama boa.