Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Os Tempos Mudam até no Amor. III.

A vida tem muito pouco amor 
e muito sexo e drogas...
ai não né.
Outros se queixam dos estragos 
que o  amor intenso, 
fez em sua vida. 
O amor é algo simples...
e é como tudo..
tudo passa, 
tudo 
é efêmero..
Bem não 
vais acreditar, 
mas 
basta 
se calar um pouco, 
é suficiente, 
por tempos silenciosos...
sossegamos,
e  digo a mim, 
parei de me coçar, 
que minhas
picadas 
de mosquito 
não vão incomodar...
fruto de lugares 
que fui ontem 
na zona rural.
Palavras de amor...
declaração de amor 
servem só para seduzir, 
o objeto de amor, 
ou 
para apaixonar-se 
cada vez mais, 
tudo
é assim mesmo 
repetidas vezes. 
mil vezes ditas...
Os sentimentos 
funcionam 
como picadas de mosquito, 
que 
coçamos 
e recoçamos..
Bom é um
exercício 
de difícil de controle, 
qualquer picada pode 
adquirir 
uma relevância...
se tiver alergia pior,
sempre que coçamos 
e repetimos..
a gente tende se coçar,
muito além da conta 
porque descobre que 
se coçar 
não é um alívio,
mas um  
algo gostoso...
em si.
Por isso mesmo, 
em geral, 
não devemos
confiar demais, 
nos sentimentos, 
nem nos meus, 
nem nos dos outros...
não sei se 
seria isso
é a solução. 
Não é que os 
humanos mintam,
quando amam, 
odeiam ou 
se desesperam... 
Nada disso.
Verifico que os sentimentos, 
em geral, 
são condições 
autoinduzidas, 
ou induzidas 
pelo momento..
transtornos ou desvios, 
produzidos pelos 
próprios indivíduos, 
que, procuram 
sarnas 
para se coçar....
há um ditado assim aqui...
No mínimo 
alguns
adoram coçar 
as sarnas 
que eles têm. 
Sim 
coçando, 
aumenta o prurido, 
assim 
como 
aumenta a vontade 
o prazer de se coçar.
Tomemos 
isso a exemplo do amor. 
Encontro, 
conheço ou vislumbro 
de longe,
alguém que preenche 
algumas condições básicas, 
para que  goste. 
Sussurrando entre 
quatro paredes, 
ou anotando 
no meu diário 
ou escrevendo,
passo a encher o ar 
ou páginas,
com descrições 
da beleza inigualável..
Declarações intensas 
e repetidas 
dos meus sentimentos.
Claro, minha  poesia 
poderá, 
quem sabe, 
conquistar 
meu objeto de amor, 
mas esse 
é um efeito colateral. 
O efeito mais importante 
e esperado 
de minhas palavras de amor 
não é tanto o 
de seduzir o objeto,
de meus sonhos, 
mas o de me apaixonar 
cada vez mais. 
Pois a intensidade do meu amor 
será diretamente proporcional 
à insistência....
das minhas declarações.
No amor há aquelas 
expressões que, 
ao serem proferidas, 
constituem o fato 
do qual elas falam.
Bem suponhamos,
que estou apaixonado, 
odeio ficar assim
de alguém longe..
e que passo a depender..
Meus sentimentos 
existem e 
devem ser declarados, 
mas só crescem 
e tomam conta 
da gente 
ao serem ditos, 
descritos e contados,
bem 
isso
é só 
uma declaração, 

privada...
nada aqui, 
vai além da verdade.