Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Older

....
Fim do..
Envelhecimento. Mas o que é isso...
No futuro,
as pessoas não morrerão
por envelhecimento...
A ideia de quase eternidade
fascina todos humanos.
Envelhecer é uma doença,
e doenças podem vitimar muitas mais pessoas,
que pode ser perfeitamente evitável.
Como uma folha que fenece o envelhecimento  é o resultado de um processo natural de acúmulo de danos e imperfeições no organismo.
A solução deste processo é reparar os danos celulares antes de efeitos graves antes de ser um processo irreparável.
Com o fim do  envelhecimento, virá a solução dos problemas associados a ele como
câncer, demências, problemas cardiovasculares, degeneração macular.
Espanto..talvez com terapias, chegaremos aos mil anos,
E como tudo acontecerá o envelhecimento?
O envelhecimento sempre foi um problema associado a morte então é o mais importante no mundo.
Como mudar isso...
o câncer e mal de Alzheimer.
Temos
a ideia que doenças relacionadas ao envelhecimento, como Alzheimer,
e o câncer são doenças de velho.
E o que elas são então?
Doenças são coisas como tuberculose, coisas que vêm de fora. Você não pode curar as doenças do envelhecimento porque elas são efeitos colaterais do fato de estarmos vivos. Elas surgem 
como consequência do funcionamento 
normal do corpo,
e não há nada que possamos fazer para 
impedi-las.
O que podemos fazer é ser 
criativos e limpar os estágios iniciais
que dão origem a essas doenças,
Como reverter os processos de velhice das células que levam às doenças..
Então uma delas é a limpeza de fato.
Fagocitose e regeneração termo chaves.
Acontecem no corpo  da célula onde
os detritos são eliminados 
senão afetam a maneira como 
as células funcionam.
No corpo este é o processo para destruir esse "lixo" celular.
Mas nem tudo têm a ver com limpeza, então se  células morrem e não são automaticamente repostas. a solução
é repor essas células por terapias com células-tronco.
Este raciocínio dá a presunção de que ninguém morrerá mais de envelhecimento. As causas de morte serão as mesmas durante toda a sua vida, como acidentes.
O risco de morte de um jovem adulto ocidental hoje?
Muito baixa. Se você mantiver essa probabilidade para sempre, então vai viver mais que cem anos, em média.
A ideia de que vamos eliminar a morte por envelhecimento, com terapias para atacar os danos que levam ao envelhecimento
Mas há muitos que se opõem à sua ideia de imortalidade, por considerá-la antinatural.
O papel da tecnologia é lutar contra o que é natural.
Antibióticos não são naturais. 
Você também pode dizer que é natural que os humanos tentem melhorar a situação em que se encontram e manipular a natureza para tornar a nossa vida melhor. O que não é natural é não agir e deixar que coisas terríveis aconteçam.
E se as pessoas consigam viver durante séculos.
a taxa de mortalidade menor, uma consequência seria a superpopulação da Terra, o que poderia significar ter menos filhos ou ter menos acesso a recursos.
Há três respostas para essa pergunta.
Com a invenção de novas tecnologias, vamos aumentar o número de pessoas que o planeta poderá abrigar sem sérios problemas. O desenvolvimento de energias renováveis, por exemplo, será mais rápido do que o aumento na população. Por isso não precisamos nos preocupar.
A segunda resposta é: supondo que eu esteja sendo otimista e que nós de fato teremos um problema grave de superpopulação. O que isso significa? Que a humanidade está enfrentando um dilema entre ter consequências severas para o ambiente e ter menos filhos do que gostaríamos.
Ambas são ruins, mas têm que ser comparadas com a alternativa de não desenvolver mos as terapias que farão as pessoas viver mais. É melhor continuar desse jeito ou ter menos filhos do que gostaríamos? Não é uma decisão difícil.
Mas é certo que ninguém que coneça queira ter alzheimer.
Uma cura do envelhecimento também poderia ter impacto sobre o trabalho. Ou trabalharíamos ainda mais ou o sistema de previdência simplesmente não aguentaria.
Vamos ter carros que dirigem sozinhos e automação em quase todos os trabalhos que temos hoje. Isso significa que todo o conceito de carreira de trabalho não existiria mais. E isso vai acontecer muito antes de curarmos o envelhecimento, nos próximos 20 anos, eu acredito.
E o medo de envelhecer e morrer?
Nós não temos uma ideia, sobre isso na verdade.
Suprimir o  envelhecimento é 
mais uma questão humanitária,
que um objetivo individual.
Acho que o medo  
é mais de envelhecer 
que morrer
não é a palavra certa..

mas aceitamos pois é destino 
e somos obrigados a aceitar.
Mas podemos aceitar viver mais 
ou uma quase eterna juventude, 
e morrer muito mais velho.