Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Green River XX

...
Os tempos são líquidos. 
As relações
escorrem tomando formas diversas e descartáveis, nada durável nos tempos de
Amores líquidos.
Aqui é o que 
mais tem é liquido,
é água 
escorrendo, 
rocha abaixo
incessante.
Líquidos, 
líquidos cristalinos 
descendo da montanha 
selvagem
até ser riacho
Agora 
é só 
o riacho,
escrevo 
no riacho rumo
à cachoeira,
depois
suminndo
em
meio á mata
esverdeado.
Mas e o 
que  vêm à 
cabeça, 
é isso
inspira,
a liquidez,
onde tudo é momento,
tudo flui 
se
renova à 
cada segundo,
olhar
observar
significa 
alguma coisa,
Aqui
tudo vale
menos murmúrios,
senão for
a comunicação 
verbal pede
gritos falar
é impossível
falar alto é preciso,
o ruído é muito forte.
usamos o facebook 
nos comunicamos e
e compartilhamos algo
uma foto.



A mente é constantemente
e brilhantemente 
iluminada,
apesar da sombra,
e alguns raios de sol
mas há
a beleza no ruído
que
faz coisas
além
dizer é uma coisa das
mais simples 
que há aqui,
água e árvores..
e um riacho verde  
ás vezes no curso 
sob a mata nativa.
..
Meu filho está
aqui
está me dizendo
sempre,
cuide-se onde pisas,
um tombo 
nas pedras movediças,
cheias de limo
é fatal
um tombo
ai tudo está acabado nosso passeio.
..
Debaixo da rocha
Parece
tudo está vindo
em cima 
de mim,
resta
matar
a saudade
deste equipamento...
a câmera Fotográfica 
sem pensar 
em ganhar 
dinheiro com fotos,
mas é
provável
tenho menos
que você, 
que já teve ou tem
mas dinheiro.
Mas esta busca incessante
em sua vida por dinheiro 
e por reconhecimento,
o faz as vezes
um idiota ou bobo, 
do capitalismo
mas você sabe que é 
uma pessoa única,
que gosta de vida 
não só disso, 
mas você fazê-lo, quando juntar
um monte de dinheiro.
Talvez prefira Niágara Falls 
ou Iguassu Falls, 
já que pois tudo que pequena não interessa 
isso é coisa de mediocre.
Agora me pergunto
quem é inteligente, 
você ou eu? 
Eu tinha uma boa casa,
esposa, filhos,
carros,
mas  não tinha tempo 
ou não podia desfrutar 
de algum tempo, lugares assim
acho realmente não era livre.
Vivia sob o capitalismo 
selvagem que nos suga até a morte.
Tudo estava bem,
o mato e  as cachoeiras
estavam longe demais 
para mim bem como
os ruído incessantes delas. 
Mas 
a sabedoria sempre foi minha parceria 
e há um tempo tenho adquiri este terreno e com ele
estas quedas 
ou cachoeira, em tudo, 
muito bela.
Numa caminhada,
numa noite,
na rua de casa..
via de longe
a luz da lâmpada da sala,
brilho dourado, 
a televisão,
um show 
o Fantástico ou 
Silvio Santos não lembro.
Aqui
ninguém fala que assiste 
estes programas, mas assistem..
Um silêncio nos pátios, 
cães latindo,
pés humanos na rua vestindo Adidas,  
mas
sobre uma calçada esburacada.
Você vai dizer,
buracos há todo
lugar inclusive a vida se origina num deles,
mas é 
um pisar
elegante,
o que quero dizer,
não trata com demonização 
ou exaltação 
as virtudes do capitalismo, 
mas sou  da contracorrente que 
procuro expor a face desumana dele.
Este é um tennis de marca 
num solo esburacado...
Acho que não mato tudo é mais dificil, talvez é treino, para ir a lugares mais selvagens.
Quando olho para ao alto e vejo
aparecer aquela incessante 
água cristalina, isso mexe comigo,
com 
todos no mundo, que sabe 
em breve 
você 
e vai estar pensando da mesma maneira,
levando a vida meio Zen.
Se juntará a quem gosta 
de poeira do interior ou de um sorriso 
nos lábios cheios até de poeira..
Coragem pule para a direita 
onde está a pedra grande..gritou,

ouvi isso do meu filho
Ele aprendeu a fazer todas 
estas coisas, que eu gosto
Fotografia, 
caminhar no mato, 
no interior,
subir na montanha
todas
engraçadas.
Se ganhar mais dinheiro que eu
talvez volte a realmente 
ser tão livre como sou...
Está tudo bem,
nenhum 
sobressalto 
ler isto.
mas
sempre 

sempre 
e sempre 
toda
vida natural pede prioridade,
pois

estamos destruindo o mundo 
na busca desenfreada do dinheiro.
Bem
agora estou com quase,
60 anos
bem crescido portanto 
e não tão velho 
ou cheio de neuras 
mas cheio de inquietações 
digamos..
como o rumo das geração 
do afetos e amores líquidos.

..
Estava sentado numa pedra
com 
as pernas cruzadas 
e
contemplou 
a queda d'água
e refletindo 
a minha vida.
Bem, aqui tem algo
que
faz 
uma bela
diferença,
Inspiração,
ar puro
isso faz muita diferença..
O que vai  ser de mim
ou que vai
acontecer,
lá na frente com a humanidade.
Um dia
a humanidade 
vai perceber que estamos  
desgraçadamente
nos exterminando,
realmente o contato 
com a natureza no ambiente
virou negócio, turismo etc
Os mortos se foram e os outros que 
vivem no
mundo, serão mortos um dia, 
Mesmo que não ache,
interessante a sustentabilidade ambiental.
não tem mais tempo, 
já viveram o suficiente 
ou destruíram o suficiente 
suficiente a vida 
ou que
seja o que for não
estão
esperando os 
Americanos fazerem 
algo por  um mundo Sustentável.
Mas isso 
se nada vai acontecer
eles  que
são os reis do Capitalismo 
será
catastrófico, pelo que consomem,
num nível absurdo,
agora 
a China parece que está 
se cuidando mais.
Quem
nós poderia prever, 
que o mundo está tão insustentável em 2017.
Se nós como indivíduos 
não exercemos a vontade mental,
somando esforços 
o suficiente, 
o que vai acontecer nos próximos 
cem anos 
será um caos
Quem então será capaz 
de tomar medidas para evitar 
todos os tipos de catástrofes. 
Quando uma especie morre,
nos humanos em parte morremos junto.
No sabemos nada sobre 
o acordo de Paris,
agora sabemos que 
Americanos não vão respeitá-lo.
Mas que será um dia,
os cientistas obterão sucesso  
com seu apelos.
Os bastardos capitalista
agora só estão interessados ​​
em ganhar dinheiro ver 
se eles podem ou conseguem
explodir o mundo.
..
No solo da incerteza,
seja o solo
da nossa 
escolha,
A vida do planeta é maior que a soma de todo 
dinheiro que gira no mundo.
Águas 
nosso liquido
precioso
segue na correnteza, 
respeitando obstáculos
senão o fizer
não consegue seguir..
Então segue contornando-os
diante da impossibilidade 
de mudá-los.
A natureza é assim
ou respeitamos ou 
ela acaba com nós 
nos impede de seguir 
em frente.
Estou convencido da 
irrelevância 
da ineficácia 
do agir no mundo atual,
com nossos problemas 
ambientais.
Não
devemos bater 
de frente com 
a natureza
e sim resolvê-los 
os problemas 
ambientais
sem adiar.