Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Sensibilidade.

Muitos não se adaptam 
as trivialidades 
do mundo de hoje,
No meu tempo de 
jovem era melhor...
comer pinhão na chapa,
era mais mais romântico.
Avanços,
da medicina, 
carros
e aviões, 
computadores,
smartfones,
vejo tudo
com nostalgia.
No meu tempo de 
jovem era melhor,
o mate,
o pinhão 
a carne na brasa
ou
na chapa,
tudo era mais romântico.
Nunca mais poderemos 
abrir mão,
destas melhoras..
destes avanços
técnicos, 
somos dependentes.
Ninguém abre mão...
porque
prefere a infelicidade,
ao consumo.
O amor  eficaz,
não é ter  consumo. 
Resistir é preeciso,
ao que está ai,
de moderno, mas há que ter
uma via espiritual..
uma
vocação para o sagrado,
para os valores eternos..
que é o que não há, hoje.
Devastamos tudo
da devastação  
da natureza até
devastação de valores
da vida causada 
pelo progresso tecnológico.
Meus contemporâneos não 
se,
adaptarem 
às trivialidades 
contemporâneas...
dizia Nietzche...
e eu completo que ele não era
Fulano de Tal 
e o seu tempo...não
era,
ele era um lutador contra o seu tempo, 
um sopro a favor da sensibilidade 
criadora e libertária.
Os superficiais, 
que infestam o mundo, diriam
que que tudo é baboseira
que não se importam.
Pouco importa, 
eles..
sejamos sempre,
do viver..
a doce liberdade..
minha e sua,
sem se importar 
com
quem nos grita...
até fingiremos 
que
não ouvimos suas 
abobrinhas..
que é o que dizem.