Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

domingo, 18 de outubro de 2015

Poesia

Vem....
a luz se foi,
sinto você..
em meus braços....
que meus dedos
avançam
desligo de tudo..
as palavras, 
o tempo.
na superfície,
da tua pele..
na tranquilidade 
repousante, 
nas
carícias incandescentes.
ah queria que fosse 
até ao amanhecer,
nosso encontro
Vem....
na luz que se foi..
e quando sinto teu colo..
meus dedos avançam
eu desligo de tudo
as palavras, o tempo.
algo brando
esvai os cansaços 
diante da tua sensível
sensualidade.
O silêncio a paz nos toma.
você me sensibiliza..
me trás dos caminhos do imaginário
para uma real tempo, que me anima,
como sons e melodias que deixam 
e fazem flutuar
eu aqui
com olhar cego
desenho 
a trama.
despejo desejos
crio amores
e abandonos
em estranhos jogos
de memória
cogita
sangra
sonha interminavelmente
derrama sobre o papel
armadilhas inequívocas
do pensamento
Sorri
vertiginosamente
sorri até a exaustão
um sorriso marginal.
Etéreo
tece ilusões
o verso acaba,
finda a poesia