Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Brazil Ferido

Sentado 
diante de meu Notebook
Vaio Sony..
para escrever..
A primeira 

coisa que 
vem a mente
é o fim de tarde..
na cidade,

na memória acesa 
dos lamentos que 
ouço,
num som agudo 
e contínuo, 
com o triste adeus 
de Hurt,
de Johny Cash, a música..
de um homem
no fim de estrada da vida...
no crepúsculo...
O que nos tornamos....
Fico passivo
diante deste fim de tarde...
Então,

assim admirando
imagem da cidade...
Centenas de pessoas
ao meu redor, 

no,
não tão imaginário mundo
entediadas e
enfiadas 

nos seu cubículos,
nas ruas
nos prédios,
muitas luzes apagadas...
vejo só as luzes das ruas
da cidade...
permanecem.
Gosto pensar
por algo sombrio.
Por fim,
gosto do ar do final de tarde,
com sabor de poeira 
da fumaça da indústria,
do dia que quase se foi,
Depois ver daqui 
as nuvens que 
cobrem vagarosamente
o Sol
e deixam o céu amarelado e dourado.
A cidade fechou, hoje,
as principais ruas vazias
durante a tarde,
nos arredores da prefeitura.
O dia de ontem também conta,
foi extenuante...

muito calor.
Fotos...lembro
de um belo almoço 
num pic nic em Tangará,
vendo o morro agudo,
é tudo apenas lembrança.
Eu não me machuquei..
mas era muito difícil 

na ingrime subida,
onde andei por ai 

fazendo fotos.
É a unica coisa real 

que me estimulou...
Hoje meu irmão me ligou...
A velha isca familiar...
Tentam pegá-lo de todos os jeitos...
que faz uma doença..
Mas eu me lembro de tudo
E ai eu sinto como 

me tornei assim..
vendo o mundo assim...
Meu doce amigo..
Nem todos que conheço
foram embora.
no final todo irão...
Poderia evitar ter
tudo isso na mente.
Este é o mundo
que impera
a sujeira, até

o desgosto.
Eu vou deixar você pra baixo.
Perdoe-me.
Vou fazer você 

sofrer falando da agruras,
de espinhos..
de mentiras
de mentalidades atrasadas,
que não posso consertar neste país
são as manchas do tempo que vivemos.
Os verdadeiros
sentimentos de orgulho do Brasil,
nunca desaparecerão.
mas o mundo é tudo negócio,

inclusive 
no governo brasileiro.
Você é outra pessoa..
parabéns.
Eu ainda estou bem aqui...
Meu doce amigo
que eu não conheço...
Na minha história todos,
abandonam o barco no final.
Nem o Cristo Redentor se salva..


Ah se pudesse começar tudo,
de novo...
longe daqui..
milhares de milhas daqui,
talvez no Rio de janeiro,
deixaria só a natureza..
iria varrer o resto dai,
simples demais,
mas nada 

vai mudar mesmo,
neste Brasil,
que parece
estar acabando,
para sempre em 

vários lugares.
Um vazio,
um vazio, num mundo de vivos 

e corruptos,
para ser exato.

Solitário..
numa manhã..
lembro da rosa simples,
senti uma alegria de saber 
que rosas estão 
vivendo na minha mente,
na manhã
lembro de todas as rosas.
E que lá fora,
no dia e na vida há mais 
rosas, 
que há espinhos...
nada importa 

ir além da verdade..
do nada...

rosas da esperança 
estão presentes.
Acharia um caminho,
nos sempre achamos
que há futuro na nação...
na nossa história,
mas sei que isso é
o que nós
não teremos,
o que um cara não
pode é esperar tudo do Estado..
mas todos aqui.

querem sugar sempre
algo do estado,
num pais que pobres 
querem bolsas,
classes médias 
querem empregos do estado,
ricos bolsa do BNDES,, 
O que nos manteve juntos, 
nesses milhares de anos, 
como nação..
será que vamos desaparecer...
como nação.
Ando ferido por tudo isso, 
que tá, 
acontecendo aqui.