Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

domingo, 4 de setembro de 2016

Goethe Sobre Natureza.

*Ela,

NATUREZA..
nos  arrebata.
Cercados 
e abraçados 
a ela...
Impotentes 
para nos 
separar dela... 
Impotentes para penetrar além dela.
Sem pedir, 

ou aviso, 
ela nos arrebata.
Vivemos no meio dela, 
não a conhecemos suficiente. 
Ela está falando incessantemente para nós. 
Não estamos constantemente agindo de acordo com ela.
Ela está sempre construindo e algumas vezes destruindo.
Sem um traço de esforço, 
à perfeição, 
mas 
com a precisão mais exata, 
vejo
 natureza
sob uma certa suavidade. 
Vida incessante, 
desenvolvimento e movimento 
estão  nela 
que não descansa um momento.
Ela é firme. 
Ela sempre pensou e sempre pensa... 
embora não como um homem, mas como a Natureza. 
A humanidade habita nela e ela em si. 
Quem não pode vê-la em todos os lugares.
O espetáculo da natureza é sempre novo,
porque ela está sempre  se renovando 
aos espectadores.
Nós obedecemos suas leis, 
mesmo 
quando nos rebelamos contra elas, 
nós trabalhamos com ela.
Ela não tem nem língua, nem discurso, 

mas ela cria línguas e corações, 
pelo qual ela se sente e fala.
Ela é todas as coisas. 

Ela é um eterno presente. 
Ela é silenciosa e sábia.
Goethe, quando um amigo, 

editor, pediu para escrever, 
sobre a natureza,  disse algo que 
veio à minha mente 
nesta maravilhosa  
carta a "Natureza", 
que tem sido um prazer para mim,
desde a minha juventude. 
Depois disse: 
"Eu não me lembro exatamente 
de ter escrito essas reflexões, 
que tinha em minha mente. 
Goethe fez esta 
composição de "Natureza", 
em 1786, dedicada 
aos naturalistas alemães. 
A carta termina assim ...
"Os fenômenos da natureza, 
ligam entre si  a natureza 
e a  mente humana
Então que a visão do poeta, 
permaneça, 
como um símbolo verdadeiro 
e eficiente da maravilha 
e do mistério 
que é a Natureza.