Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Take a Deep Breath

...
E é 
verdade... 
Respirar lentamente acalma,
Ao se 
reduzir  
de 18 a 20 inspirações 
para talvez apenas entre cinco e seis 
o número de inspirações 
por minuto, 
isso
acalma o 
corpo e a mente.
Não é mágica 
é uma verdade.
Cada ser,
ou
cada um de nós
Inspira-se cerca 
de 20 vezes por minuto.
...
Respirar não 
é opcional:
é 
imprescindível para
manter-se 
vivo, 
isso
requer 
inspirar 
e expirar,
ciclicamente,
do nascimento até a morte, 
cerca de 550 milhões
de vezes em uma 
vida de 70 anos,
sem precisar
pensar no assunto.
É ao mesmo tempo perturbador
e libertador pensar que 
a função é desempenhada 
dia sim e dia também, 
esteja você acordado ou dormindo,
por apenas alguns milhares 
de neurônios no bulbo cerebral, 
na base da sua cabeça.
Nervoso? Ansioso? 
Respire fundo 
e devagar. 
A respiração lenta 
e controlada, integral 
à prática do yoga e da meditação 
e tão presente na psicologia popular, 
às vezes é menosprezada por quem 
recebe o conselho para ajudar 
a se acalmar. 
Mas estudos mostram 
que existe de fato um circuito 
que liga a frequência da respiração 
ao nível de alerta do cérebro.
A algo
nos deixa atentos 
automaticamente
os músculos ficam tensos, 
prontos 
para a ação,
mais noradrenalina liberada, 
mais ficamos alertas e crispados. 
Com atividade alerta demais
é tanto contraproducente, 
chegando à angústia 
e dor muscular. 
Não é surpresa, a esta altura, 
descobrir que só 
adormecemos quando 
o *locus coeruleus é 
completamente silenciado.
Esses 175 neurônios, 
portanto, 
atrelados ao nível de alerta cerebral 
à respiração..
qualquer acontecimento 
que acelere a respiração 
nos deixa automaticamente 
mais atentos 
e alertas, do exercício ao estresse. 
O inverso também é verdade... 
respirar lentamente, 
reduzindo de 12 a 20 
para talvez apenas entre cinco e seis 
o número de inspirações por minuto, 
isso
é capaz de reduzir ao menos 
pela metade
o estímulo ao locus coeruleus,
assim acalmar corpo e mente.
Não é mágica..é uma  
verdade até muito popular.